Dia municipal do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) Em Florianópolis

09/06/2010

A Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária e dos Conseg’s, parabeniza os Conselhos Comunitários de Segurança do município de Florianópolis, pela sua data comemorativa no dia 10 de junho. Esta data de 10 de junho foi escolhido pelo município, com a aprovação da Lei Municipal Nº. 7.254, de 28 de dezembro de 2006. A aprovação desta lei teve por base: “estimular o encontro entre todos os membros da cidade de Florianópolis; proporcionar à população o conhecimento dos atos e trabalhos efetuados pelos conselhos na cidade de Florianópolis; valorizar a participação nos conselhos, como porta voz da população, com referência aos problemas de segurança; e divulgar as atividades dos conselhos comunitários na cidade de Florianópolis”.

Deixamos nossos agradecimentos aos nobres Conselheiros, membros efetivos, membros natos (policiais), lideranças comunitárias e a comunidade em geral, que auxiliam os trabalhos dos Conseg’s em Florianópolis.

Cel PM Emilson Carlos de Souza

Coordenador Estadual de Polícia Comunitária e dos Conseg’s

 

Ten Cel PM RR Ebirajara Corrêa Lemes

Sub-Coordenador Estadual de Polícia Comunitária e dos Conseg’s

 

Ten Cel PM Luiz Ricardo Duarte

Coordenador Estadual de Polícia Comunitária e dos Conseg’s na Polícia Militar

 

Delegada de Polícia Vanessa de Oliveira Corbari

Coordenadora Estadual de Polícia Comunitária e dos Conseg’s na Polícia Civil

 

Fonte: Coordenação Estadual da Polícia Comunitária.

Anúncios

Novo Coordenador Regional de Polícia Comunitária em Blumenau

09/06/2010

Dando continuidade à implantação da Filosofia de Polícia Comunitária no Vale do Itajai, a 3ª Delegacia Regional de Polícia de Blumenau, o Delegado Regional de Polícia de Blumenau, Rodrigo Emanuel Marchetti, instituiu neste mês de maio, o Setor de Integração entre Polícia Civil e Conselhos Comunitários, estando à frente dos trabalhos o Agente Policial Antônio Fernando das Neves Filho, com diversos serviços prestados à instituição com mais de 19 anos de atividade, o qual passará a ser o novo Coordenador Regional de Polícia Comunitária para a 3ª Região. O setor funcionará junto à sede da 3ª DRP, e conta com uma sala e uma VTR exclusivas para os trabalhos.

Segundo o Delegado Rodrigo Marchetti, a decisão foi tomada para otimizar os serviços e foi conseqüência dos diversos eventos que estreitaram os laços entre Polícia Civil e Conselhos Comunitários de Segurança, tais como: organização da 1ª Conferência Nacional sobre Segurança Pública, diversas Audiências Públicas em âmbito municipal, criação da Aconseg na 3ª Região Policial, e, principalmente: às Reuniões bimestrais entre os presidentes dos Conseg’s e o Delegado Regional, onde muitas das reivindicações dos presidentes foram atendidas e informações foram prestadas à população.

Com isto fica evidenciado que a Polícia Civil, abraça a Filosofia de Polícia Comunitária, como Polícia Cidadã e que respeita o Estado Democrático de Direito em que estamos inseridos.

 

Fonte: Coordenação Estadual da Polícia Comunitária.


Conseg’s de Joinville são convidados a participar dos Nudec’s

29/04/2010

Os Conselhos Comunitários de Segurança da cidade de Joinville foram procurados pela Defesa Civil do município para ampliar a atuação do Núcleo Comunitário de Defesa Civil (Nudec) e conseguir mais voluntários para trabalhar em prevenção, visando à formação de grupos de voluntários em cada bairro ou, pelo menos, em cada região da cidade. O objetivo é disseminar o tema prevenção e fazer com que as comunidades estejam preparadas para prevenir tragédias ou minimizar seus efeitos.

O programa Nudec foi apresentado para a Associação dos Consegs de Joinville (Aconseg). A reunião aconteceu na semana passada, e os Conselhos do Bucarein/Centro, Floresta, Aventureiro já procuraram agendar encontros para apresentação do programa à comunidade, pois o Nudec tem tudo a ver com segurança.

O Nudec conta hoje com cerca de 35 voluntários, boa parte deles capacitados para atuar junto com a Defesa Civil nas ações de emergência, que pretende envolver as Associações de moradores, escolas, órgãos públicos e entidades da cidade, que podem atuar como multiplicadores da filosofia da prevenção.